Apresentação

Apresentação

terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Férias com as crianças? O que fazer

Passaram-se a metade das férias e tudo que foi programado para fazer acabou: começam as brigas, filho com cara entediada, choro dos pequenos... e aí o que era para relaxar estressa qualquer um. Nessas horas lembro das minhas férias na infância... minha mãe não precisava se preocupar comigo... quando não saíamos para lugar nenhum, descia para o térreo do bloco onde eu morava, interfonava para os meus amigos e fazíamos muitas brincadeiras juntos: polícia e ladrão, cantinho, esconde esconde, jogos, esconderijos, beti, corrida de bike, vôlei... Era brincadeira que não acaba mais... Bom, agora vejo que há muita dificuldade em reunir amigos ou até mesmo colegas para fazer brincadeiras. O grande vilão é a violência. Muitos podem dizer isso. Mas será que não há uma alternativa melhor para as crianças poderem brincar na vizinhança? Bom, a minha sugestão é: você, pai, você, mãe, tome uma atitude incômoda, mas que no final vai ser bom para seus filhos: conheça mais os pais dos amigos e vizinhos dos seus filhos. Assim, você poderá combinar com eles de cada dia um adulto ficar na vigílha, quando seus filhos forem brincar na rua. Não sobrecarregará ninguém e você verá satisfação no rostinho dos pequenos. Agora para os menorzinhos a sugestão é: combine com seus amigos e vizinhos que também tem filhos pequenos de sairem juntos. Todos se ajudam, além do que as companhias serão bem compreensivas, não é mesmo? Vamos lá, gente arregacem as mangas, não deixem os seus filhos plantados na frente da TV, PC ou videogame... Esse tempo vai passar e não irá voltar,  lembrem-se disso.

2 comentários:

Andrea Pagano disse...

Olá Michele,
Obrigada pela visita, pelas dicas, que bom que gostou de lá...Estarei por aqui também, nada como uma educadora para nos ajudar nessa árdua tarefa...
Então o problema meu aqui é que tive um azar, compramos um ap que a vizinhança é toda de casais novos e a nossa família é super distante...
Então como eu não sou muito de brincar com ela, levo-a para brincar com outras crianças no Sesc, nas livrarias, shopping e onde tiver um monte de criança por perto...
Bjs e vai dando dicas aqui para ajudar as mamis...

Diário de Classe disse...

Legal Andrea, obrigada por me visitar. Sabe Andrea, minha filha tem 9 anos e hoje posso dizer que temos uma cumplicidade muito grande... veja só, ela está a 4 dias fora de casa, mas sinto falta dela até na hora de dormir... sei que isso vai passar, pois ela está crescendo e logo logo não vai querer que eu esteja sempre por perto. Por isso, vai uma dica para você: se permita a brincar com ela, vai na onda, chame-a para fazer um biscoito caseiro, permitindo que ela modele os biscoitos... faça cabaninha de lençóis no escuro e ilumine com lanterna e promova a hora do conto... bem, o tempo é curto e num piscar de olhos de repente poderá surgir uma vontade de compartilhar molecagem com sua filha e aí será tarde de mais. Beijo para vocês!